Fizemos atualizações importantes em nossa Política de Privacidadem. Por favor, leia estes novos termos e reserve algum tempo para entendê-los.
Comprimido

 

Agente granulante (Compressão direta e granulação úmida)

Hidroxipropilcelulose de baixa substituição (L-HPC) tem sido utilizado como um desintegrante para formas de dosagem sólida por vários anos. Este polímero não é solúvel em água, mas o polímero incha por manter as moléculas de água em torno dos grupos hidroxipropilo que estao distribuídos na espinha dorsal da celulose. A Shin-Etsu Chemical desenvolveu uma nova classe NBD para a família L-HPC. Esta é quimicamente idêntica às séries atuais de L-HPC, mas a forma das partículas é concebida fisicamente para melhorar significativamente a capacidade de aglutinação.
Produtos relacionados:

 

Anti-capping

Um dos benefícios do L-HPC é resolver o "capping", um dos problemas típico no processo de formação de comprimidos. Vários relatórios têm realçado que este problema é causado por uma pressão residual elevada na parede interna durante o processo de formação de comprimidos.
L-HPC reduz a força residual na parede interna e a forca de ejeção durante o processo de formacao de comprimidos. Para esta aplicação nós recomendamos que utilize LH-11 ou
NBD-020.
Produtos relacionados:

 

Drageamento

SB4 é utilizado como uma base aglutinante para o revestimento com açucar em vez de gelatina ou goma arábica. Para mais informações sobre o produto entre em contato conosco.
Produtos relacionados:

 

Liberação prolongada (pH independente)

Os sistemas de matriz hidrofílica projetados com polímeros solúveis em água, tais como o Hipromelose, foram introduzidos pela primeira vez no ínicio de 1970. O sistema de matriz hidrofílica permite ter um maior controlo e reprodutibilidade na liberação dos princípios ativos através do controle das propriedades químicas e físicas do polímero. METOLOSE® SR (Hipromelose) é especialmente adequado para esta aplicação, e proporciona uma consistência genuína nos produtos finais.
Produtos relacionados:

 

Mascarador de sabor

O sabor amargo de algumas drogas durante o processo de desenvolvimento é um problema muito comum no desenvolvimento de formulações. O mascarador de sabor em grânulos finos é por vezes um maior desafio devido ao atraso na liberação das drogas e da dificuldade da operação de revestimento. Pode ser utilizado um revestimento aquoso usando o METOLOSE® SM-4 sem problemas de grudar e sem nenhum atraso na dissolução. Se for necessário mais tempo para a liberação do API depois do intervalo de tempo de 5-10 minutos após administração é uma caraterística do comportamento de dissolução do revestimento com açucar e tal revestimento é um método adequado para o mascaramento de sabor. A combinação de PHARMACOAT® e do material de revestimento entérico, tal como o Shin-Etsu AQOAT® pode também ser utilizada em comprimidos para o efeito de mascaramento de sabor.
Produtos relacionados:

 

ODT

Os comprimidos de desintegração oral (ODT) diferem dos comprimidos tradicionais na medida em que são concebidos para serem dissolvidos na boca em vez de engolidos. O ODT serve como uma forma de dosagem alternativa para os pacientes que têm dificuldade em engolir ou para quando o cumprimento da posologia é um problema conhecido, portanto, esta forma de dosagem é mais fácil para garantir que a medicação seja corretamente administrada. O NBD-022 é recomendado para esta aplicação pois tem uma desintegração mais rápida e uma melhor sensação na boca do que as outras classes de NBD. A Shin-Etsu também desenvolveu um excipiente co-processado especialmente para a aplicação ODT, este excipiente é chamado SmartEx. Para mais informações sobre o produto entre em contato conosco.
Produtos relacionados:

 

Rápida desintegração

Para ingredientes ativos com baixa solubilidade e baixa molhabilidade, pode ser utilizadada uma maior quantidade de L-HPC para melhorar a desintegração. Foi utilizado entre 20 - 40% de
L-HPC num comprimido para esta finalidade. Apesar de um teor tão elevado, os problemas de estabilidade não são tão significativos como já foi visto com outros desintegrantes iônicos. Em tais aplicações, os comprimidos se desintegram em partículas individuais muito finas, de modo que a dissolução é rápida e completa. Para esta aplicação, nós recomendamos utilizar o
NBD-022 que tem um baixo teor de substituição de HPO e que irá permitir uma rápida desintegração.
Produtos relacionados:

 

Revestimento

Este tipo de revestimento são agora amplamente utilizados em todo o mundo. Embora as propriedades dos principios ativos sejam o factor-chave para as formulações dos medicamentos, a forma física ou o revestimento de uma preparação é também importante. PHARMACOAT® é fácil de usar como material de revestimento e proporciona um excelente acabamento. Este produto é muito versátil, e é apropriado para muitas aplicações no desenho de formulações de comprimidos revestidos. A filme de PHARMACOAT® tem a resistência e flexibilidade caraterística dos derivados de celulose. Embora o filme de PHARMACOAT® não seja quebradiço, como polímero acrílico , a adição de um plastificante tal como polietileno glicol (PEG 6000) é eficiente quando é exigido um filme altamente flexível. Quando PHARMACOAT® é utilizado como revestimento, por vezes é recomendado adicionar dióxido de titânio (TiO2) ou talco.
Produtos relacionados:

 

Revestimento Gastroresistente (Solvente Orgânico)

Um agente de revestimento entérico é utilizado para proteger o princípio ativo da degradação pelo ácido gástrico ou para proteger a mucosa gástrica de drogas irritantes. Assim, um agente de revestimento entérico é insolúvel no suco gástrico, e é imediatamente dissolvido quando a preparação entérica é transferida para o intestino delgado. HPMCP ( ftalato de hipromelose) e Shin-Etsu AQOAT® (Acetil Succinato de Hipromelose) é uma introdução no mercado de um derivado de celulose alternativo para revestimento entérico.
Produtos relacionados:

 

Revestimento Gastroresistente (Aquoso e seco)

O revestimento seco é uma técnica única em que o polímero em pó é aplicado diretamente em comprimidos ou grânulos e a camada de pó coalesce para formar rapidamente um filme por cura. Em 2000, uma empresa farmacêutica japonesa comercializou esta técnica usando
Shin-Etsu AQOAT® pela primeira vez. Esta técnica é aplicável quer em comprimidos como em grânulos utilizando um aparelho de regular com um sistema de alimentação de pó. Pergunte ao seu representante de vendas para mais informações.
Produtos relacionados:

 

Solução granulante (Granulação úmida)

PHARMACOAT® e METOLOSE® também podem ser utilizados como aglutinantes para granulação. A distribuição fina de tamanho de partículas (média de 50-70 µm) permite uma boa mistura com o veículo (lactose/amido de milho) e PHARMACOAT® e METOLOSE® é eficiente para a granulação de leito fluidizado e granulação de misturadores de alto cisalhamento (mistura seca).
Produtos relacionados:
Peletes

 

Deposição de droga em camada

L-HPC 31 e 32 também podem ser utilizados para aplicação de droga em camada (aplicando o API em peletes), isto pode ser realizado em um dispositivo de revestimento centrífugo utilizando uma solução aglutinante de PHARMACOAT®. Mais uma vez para obter mais informações técnicas entre em contato conosco.
Produtos relacionados:

 

Extrusão de peletes

Bem como para a formação de comprimidos, L-HPC é também aplicado para a extrusão de peletes. Classes micronizadas ( tipicamente LH-31) são as mais adequadas para esta aplicação porque partículas menores podem passar facilmente através da tela. L-HPC fornece uma massa úmida com "efeito tampão" onde a massa úmida aceita uma gama mais larga de conteúdo em água. L-HPC plastifica massa úmida e mostra uma maior produtividade ( velocidade de extrusão e rendimento). Os peletes finais mostram uma rápida desintegração e uma melhor friabilidade comparado com as formulação sem L-HPC.
Produtos relacionados:

 

Liberação prolongada (pH independente)

Dependendo do tipo de API que está a ser formulado, HPMCP e Shin-Etsu AQOAT® é o revestimento utilizado em peletes ou comprimidos para obter um perfil de dissolução da liberação prolongada, para mais informações técnicas por favor contate-nos.
Produtos relacionados:

 

Mascarador de sabor

O sabor amargo de algumas drogas durante o processo de desenvolvimento é um problema muito comum no desenvolvimento de formulações. O mascarador de sabor em grânulos finos é por vezes um maior desafio devido ao atraso na liberação das drogas e da dificuldade da operação de revestimento. Pode ser utilizado um revestimento aquoso usando o METOLOSE® SM-4 sem problemas de grudar e sem nenhum atraso na dissolução. Se for necessário mais tempo para a liberação do API depois do intervalo de tempo de 5-10 minutos após administração é uma caraterística do comportamento de dissolução do revestimento com açucar e tal revestimento é um método adequado para o mascaramento de sabor. A combinação de PHARMACOAT® e do material de revestimento entérico, tal como o Shin-Etsu AQOAT® pode também ser utilizada em comprimidos para o efeito de mascaramento de sabor.
Produtos relacionados:

 

Revestimento

O revestimento é por vezes utilizado para proteger os peletes revestidos ou para prevenir as interações químicas entre os ingredientes ativos e os excipientes, no entanto agentes de revestimento comuns tais como o PHARMACOAT® são difíceis de usar para o revestimento de peletes devido à sua aglomeração durante o processo de revestimento em leito fluidizado.
O METOLOSE® SM-4, metilcelulose com uma viscosidade extremamente baixa é útil para revestimentos aquosos em peletes uma vez que promove menor aglomeracao além de ser solúvel em água.
Produtos relacionados:

 

Revestimento Gastroresistente (Solvente Orgânico)

Um agente de revestimento entérico é utilizado para proteger o princípio ativo da degradação pelo ácido gástrico ou para proteger a mucosa gástrica de drogas irritantes. Assim, um agente de revestimento entérico é insolúvel no suco gástrico, e é imediatamente dissolvido quando a preparação entérica é transferida para o intestino delgado. HPMCP ( ftalato de hipromelose) e Shin-Etsu AQOAT® (Acetil Succinato de Hipromelose) é uma introdução no mercado de um derivado de celulose alternativo para revestimento entérico.
Produtos relacionados:

 

Revestimento Gastroresistente (aquoso e seco)

O revestimento seco é uma técnica única em que o polímero em pó é aplicado diretamente em comprimidos ou grânulos e a camada de pó coalesce para formar rapidamente um filme por cura. Em 2000, uma empresa farmacêutica japonesa comercializou esta técnica usando
Shin-Etsu AQOAT® pela primeira vez. Esta técnica é aplicável quer em comprimidos como em grânulos utilizando um aparelho de regular com um sistema de alimentação de pó. Pergunte ao seu representante de vendas para mais informações.
Produtos relacionados:
Líquidos e outros

 

Agente suspensor

METOLOSE® está disponivel para ser dispersa em água e produzir soluções coloidais viscosas adequadas a serem utilizadas como agentes de suspensão. Metilcelulose é não iónica e portanto estável numa gama de pH entre 3-11 e é compatível com muitos aditivos iónicos.
Produtos relacionados:

 

Auxiliar de dispersão (no preenchimento de cápsulas)

A liberação da droga contida em uma cápsula dura tende a ser atrasada devido à composição da cápsula e pela mesma estar lacrada; este atraso é especialmente significativos para os medicamentos à base de plantas. No entando, se o L-HPC é utilizado em conjunto com a droga como agente de preenchimento, a ruptura da cápsula ocorre de maneira mais rapida, porque o L-HPC absorve a água e se desintegra num tempo mais curto, o que resulta na liberação rápida da droga.
Produtos relacionados:

 

Colírios

A Shin-Etsu desenvolveu uma fibra de baixo teor para aplicação de colírio; por favor contate o nosso departamento de vendas para mais informações técnicas e amostras.
Produtos relacionados:

 

Dispersão sólida

A dispersão sólida é uma técnica para melhorar a biodisponibilidade de principios ativos de baixa solubilidade melhorando a solubidade da mesma. Para um método de preparação típico, a droga e o polímero (carreador) são dissolvidos juntos num solvente comum e a solução é utilizada na granulacao via "spray-dried" ou no revestimento de peletes. O sólido resultante é uma "matriz molecular" do polímero e droga, o qual tem demonstrado um aumento significativo na solubilidade comparativamente à solutividade original da droga. Tem sido reportado que a aplicação de Shin-Etsu AQOAT® aumenta a solubilidade de drogas de baixa solubilidade de maneira mais efetiva que outros polímeros farmacêuticos.
Produtos relacionados:

 

Espessante

METOLOSE® já é conhecida há muito tempo e têm encontrado ampla aceitação para a preparação líquida como espessante em sistemas aquosos, por exemplo, como estabilizante de suspensão para reações de polimerização.
Produtos relacionados:

 

Formador de filme

Filmes transparentes são obtidas por soluções "casting" de METOLOSE®. Embora os filmes de METOLOSE® sejam relativamente rígidas elas podem ter alguma flexibilidade através da adição de plastificantes tais como a glicerina, propileno glicol, sorbitol e citrato de trietilo. As propriedades do filme dependem significativamente do teor de umidade.
Produtos relacionados:

 

Manufatura de cápsulas

HPMC tornou-se um material alternativo à gelatina de sucesso para cápsulas de duas peças e tornou-se uma alternativa popular para os vegetarinos. As cápsulas de HPMC são utilizadas tanto para as indústrias farmacêuticas como para suplementos dietéticos. PHARMACOAT® pode também ser utilizado para a fabricação das cápsulas de HPMC, temos vários tipos de PHARMACOAT® que podem ajudar a otimizar o seu processo de fabricação.
Produtos relacionados: